Sobre a origem: Quando os filhos vão para o mundo

On the origin: When the children go out into the world

Ana Clara Damásio
Universidade Federal de Goiás

ORCID iD: https://orcid.org/0000-0001-7426-7486

DOI: https:/doi.org/10.48006/2358-0097-6219

Publicado em 10 de fevereiro de 2021
First published: 10 Feb 2021

Edição | Issue

v6, n1-2, 2020

Palavras-chave

Antropologia, Família, Geração, Mundo, Fotografia.

Resumo

“Sobre a origem” é um ensaio que busca acompanhar Dona Nita, minha avó materna, voltando para sua roça. Nesse dia minha parente-interlocutora contou-me sobre seus filhos e filhas (minhas tias e minha mãe) que foram para o mundo buscar “melhores condições de vida” e não mais retornaram para a origem. A partir do momento que seus filhos construíram uma vida no mundo, a roça, lugar que ela e meu avô tanto lutaram para conquistar, acabou sendo abandonado fisicamente, pois a terra, bichos e plantas não eram mais as narrativas de vida dos filhos e filhas da minha avó (e tampouco da neta-antropóloga).

Keywords

Anthropology, Family, Generation, World, Photography.

Abstract

“Sobre a origem” is an essay that accompanies Dona Nita, my maternal grandmother, going back to her farm. On that day my relative-interlocutor told me about her sons and daughters (my aunts and my mother) who went out into the world seeking for “better conditions of life” and never returned to their homeland. From the moment her children built a life in the world, the farm, the place that she and my grandfather fought so hard to acquire, ended up being physically abandoned, for the land, animals, and plants were no longer the life narratives of my grandmother’s sons and daughters (nor of the granddaughter-anthropologist).

Referências / References

LOBO. Andréa. 2014. Tão Longe e Tão Perto. Famílias e Movimentos na Ilha de Boa Vista de Cabo Verde. Brasília: ABA Publicações.

SARTI, Cynthia. 1994. A família como espelho: um estudo sobre a moral dos pobres na periferia de São Paulo. Tese de Doutorado. Universidade Federal de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Antropologia.

VIRGÍLIO, Nathan. 2018. Pensa que é só dar o de-comer? Criando e pelejando com parente e bicho bruto na comunidade do Góis-CE. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Museu Nacional.

WOORTMANN, Klass. 1990. “Migração, família e campesinato”. Revista Brasileira De Estudos De População 7(1):35-53.