Associação Brasileira de Antropologia

A- A A+

 

SABERES E SABORES DA COLÔNIA – SCHMIER DE MELANCIA DE PORCO
 

 

 

from Novos Debates on Vimeo.




Maurício Schneider

Mestrando em Antropologia
Universidade Federal de Pelotas
Bolsista CAPES

 

O presente vídeo apresenta o processo de produção da schmier (doce de frutas em pasta, assemelhado à geleia) feita com melancia de porco, variedade bastante comum no sul do Rio Grande do Sul, própria para a produção de doce. Trata-se de uma família de colonos pomeranos que vive em uma localidade rural do município de São Lourenço do Sul. Em sua pequena propriedade, a família trabalha com agricultura de base ecológica e semanalmente vende sua produção na feira, que se realiza no centro da cidade. Desde a produção agrícola até a preparação dos alimentos que consomem, todo o trabalho é realizado pela família, observando regras internas que classificam as atividades referentes aos mais novos e aos mais velhos, a homens e a mulheres. A partir da observação das noções e práticas referentes à alimentação, procura-se acessar modos de vida. O vídeo integra o conjunto de materiais imagéticos referentes à agenda de pesquisa Saberes e Sabores da Colônia, produzido em parceria pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Alimentação e Cultura (GEPAC) e pelo Laboratório de Estudos, Pesquisas e Produção em Antropologia da Imagem e do Som (LEPPAIS), vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal de Pelotas.


___________________

 

comentários
 

SABERES E SABORES DA COLÔNIA – SCHMIER DE MELANCIA DE PORCO

 

 

Maria Catarina Chitolina Zanini

Professora
Universidade Federal de Santa Maria

 

 

O vídeo Saberes e Sabores da Colônia – Schmier de melancia de porco, produzido por Maurício Scheineder e a equipe do projeto Saberes e Sabores da Colônia (coordenado pela Profa. Renata Menasche - UFPEL) é uma investida visual primorosa para melhor se conhecer o cotidiano de vida e trabalho de camponeses pomeranos na Serra dos Tapes-RS. Produzido entre os anos de 2011 e 2013, é um documento sobre a arte de fazer schmier e também a arte de fazer uma boa etnografia. Mauricio, enquanto observa e pergunta sobre o processo de feitura da schmier, aborda casamento, preconceito, pertencimento étnico e outras questões. Trata-se de um primor ouvi-lo perguntar sobre vida e comida ao mesmo tempo. Um elemento importante observado neste vídeo e que ressalta a riqueza do mundo camponês e a divisão do trabalho por gênero que nele ocorre, é que em épocas de aproveitamento de alimentos que necessitem do trabalho coletivo urgente, toda a família colabora e divide tarefas, tanto homens como mulheres, não havendo estranhamentos. Observa-se também um domínio sobre a arte de fazer tanto entre homens como entre mulheres e uma percepção acerca do que pode ser alterado nas receitas. Neste aspecto, tem-se uma ciência do concreto filmada e observada em execução. Um primor mesmo. Há uma possibilidade de variações no tema comum que é a schmier e seu preparo também, registrada nas falas e imagens. Pode-se introduzir figo congelado, suco de limão, de laranja, melado, entre outros ingredientes disponíveis. Um detalhe importante é que os entrevistados, por vezes, falam pomerano entre eles, não se importando que o entrevistador não os entenda. Neste aspecto, estes camponeses se mostram, sem sombra de dúvidas, sujeitos e atores da situação da entrevista.


embed video plugin powered by Union Development

Composições


 

from Novos Debates on Vimeo.

 

 

Gustavo Anderson

Graduando em Ciências Sociais
Universidade Federal do Paraná

 

Luana Maria de Souza

Graduando em Ciências Sociais
Universidade Federal do Paraná

 

Mariana Zarpellon

Graduando em Ciências Sociais
Universidade Federal do Paraná

embed video plugin powered by Union Development
Read more...

 

 

Nian Pissolati

Mestre em Antropologia
Universidade Federal de Minas Gerais

 

Patrick Arley

Doutorando em Antropologia
Universidade Federal de Minas Gerais
Bolsista FAPEMIG

 

Read more...



Jenniffer Simpson
dos Santos

Doutoranda em Sociologia
Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
Bolsista CAPES

 

 

 

Read more...

 

FEITURA DE SANTO

uma narrativa artística e foto-etnográfica de uma iniciação no candomblé

 

 

 



Larissa Yelena Carvalho Fontes

Mestranda em Antropologia
Universidade Federal da Bahia
Bolsista CAPES




Read more...

 

NARRADORES URBANOS: ANTONIO A. ARANTES


 

from Novos Debates on Vimeo.


Marize Schons

Graduanda em Ciências Sociais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Bolsista FAPERGS

 

Cornelia Eckert

Professora de Antropologia
Universidade Federal do Rio Grande do Sul


Ana Luiza Carvalho da Rocha

Professora de Antropologia
Universidade Federal do Rio Grande do Sul

 

embed video plugin powered by Union Development
Read more...

 

SABERES E SABORES DA COLÔNIA – SCHMIER DE MELANCIA DE PORCO
 

 

 

from Novos Debates on Vimeo.




Maurício Schneider

Mestrando em Antropologia
Universidade Federal de Pelotas
Bolsista CAPES

embed video plugin powered by Union Development
Read more...



Fabricio Barreto 
Fuchs

Pesquisador do Núcleo de Antropologia Visual
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 

 

Read more...